Missão intercongregacional no norte de Minas Gerais

--------De 11 a 15 de Novembro, frei Geraldo Baião e eu, de Minas Gerais, fomos participar da missão intercongregacional promovida pela CRB de Belo Horizonte para as Dioceses mais carentes. Saímos às 19:30 hs da Sexta-feira e chegamos às 7:00 hs do dia seguinte na cidade de Pai Pedro, Diocese de Janaúba norte de Minas. Divididos em cinco grupos, seguimos as orientações de Cristo, .Então chamou os doze e começou a enviá-los, dois a dois.... Mc. 6, 7. A partir daí partimos para as comunidades.

--------Fui designado para a comunidade de Taboa, junto com uma irmã Sacramentina e um Missionário de Jesus Operário. Dona Neuza e Dona Rosa, dirigentes daquela comunidade, foram nos buscar com a condução mais popular daquela região, a charrete, puxada por um cavalo.

--------A viagem durou um pouco mais de uma hora, tempo suficiente para conversarmos sobre as necessidades da região, tais como a falta de água e do capim que está totalmente seco. O verde não existe mais, por isso, o clamor para que venha a chuva. Quem sofre mais são os pequenos proprietários que não tem o suficiente para comprar ração para o pouco gado que possuem. A terra não pode ser preparada para o cultivo, uma vez que, por enquanto, não existe previsão de chuva no momento. O algodão, que alguns anos atrás era uma fonte de renda, hoje já não produz mais nada por causa da praga que ataca a plantação. Os venenos comprados são caros demais, e as despesas não compensam tamanho esforço, pois o que era para ter um pequeno lucro acaba sendo um enorme prejuízo.

--------O nosso café era na casa da Dona Neuza, o almoço e o jantar foram em diversas famílias, tais como Dona Rosa, Hilda, etc. Isto para dividir as despesas e não pesar para uma única família. Fomos recebidos maravilhosamente bem por todas as famílias, e como sempre acontece tinha refeição à vontade para todos.

--------Apesar de serem, na sua maioria, famílias de baixa renda, todas possuem aparelho de TV e uma antena parabólica, o que possibilita o acesso aos canais católicos, como Canção Nova, Rede Vida, TV Século XXI. A Canção Nova tem uma grande audiência naquela comunidade. .Grande é a messe, mas poucos são os operários. Rogai ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe” (Lc 10, 2). O padre faz apenas o que pode fazer, pois na região há nada menos do que 158 comunidades para serem atendidas, portanto é impossível para ele conseguir evangelizar sozinho todas as comunidades que ficam a mais de 120 Km da paróquia onde ele reside e as estradas não são asfaltadas, o que dificulta ainda mais o seu trabalho de evangelizar.

--------Há comunidades que por mais de cinco anos não tem assistência do padre, e por isso mesmo, é grande o número de crianças não batizadas na região, devido aos pais não terem recebido o sacramento do matrimônio. Quem não é casado, por lá, não pode batizar seus filhos. Qual é o pecado que eles podem carregar, se não tem mais quem os oriente? Vontade de batizar as crianças até que eles têm, mas infelizmente a orientação da Igreja local é esta, se não casar não tem batizado.

--------O objetivo desta missão foi dar continuidade na missão anterior que aconteceu na Semana Santa, onde foram feitas visitas às casas e uma orientação bíblica, por isso fomos com uma orientação específica de ajudar as comunidades a fazerem uma ligação da Bíblia com a vida e da vida com a Bíblia, e também oferecer para estas comunidades um conhecimento maior do mundo bíblico. O trabalho foi feito apenas com as lideranças. Somente na hora da celebração da Eucaristia é que todos se reuniam. A participação nas celebrações foi excelente. Como os missionários não foram suficientes, logo, não foi possível atender a todas as comunidades, a maioria das comunidades não teve seqüência do trabalho feito na Semana Santa, o que acarretara em prejuízo na missão. Fizemos apenas o que deveríamos fazer, mas acredito que poderíamos ter feito um pouco mais.

--------Cantai ao Senhor um cântico novo, cantai ao Senhor a terra inteira. Cantai ao Senhor e bendizei o seu nome, anunciai cada dia a salvação que ele nos trouxe. .Sl 95, 1-2. A comunidade local se reúne todos os domingos para a celebração da Palavra. Frei Geraldo Baião ficou na cidade e eu fui para roça no meio do povo que tem fome e sede de ouvir a Palavra de Deus e, ao mesmo tempo, aprendi com a simplicidade daqueles que me acolheram sem medir nenhum esforço.

Frei Donizetti B. Melo. O. Carm.
Belo Horizonte, MG.















 
 Desenvolvido por Genea Soluções em Informática