OS DEZ MANDAMENTOS DOS ELEITORES JACOBINENSES.

Frei Petrônio de Miranda e Padre Djacy Brasileiro, de Santa Cruz-PB.
E-mail: sosvocacoescarmelitas@bol.com.br.

-----------Só votamos em candidatos comprometidos e identificados com Jacobina e a nossa região; nossa história, nossos sofrimentos; e que não nos tratem como meros eleitores ou massa de manobra. Não podemos dar o nosso voto a alguém que pertença a grupo econômico e político que não está ao lado do povo. O nosso voto é ouro provado no fogo, dele depende o futuro da nossa cidade.
-----------No sertão baiano de cabra macho e da mulher trabalhadora, nós, de tanto sermos enganados, esquecidos e maltratados, não votamos mais em políticos mentirosos, corruptos, oportunistas e elitistas, que visam unicamente o poder, o dinheiro e mordomias à custa de nossos dramas.
-----------Da nossa fome, sede, miséria, abandono, sofrimento e dor, politiqueiros não tiram mais proveito feito urubus em cima de carniça. Só votamos em candidatos que tenham projetos políticos voltados para a nossa cidade e para este sertão sofrido da Bahia.
-----------Não aceitamos mais políticas assistencialistas: consultas médicas, cestas básicas, cirurgias, viagens, prótese dentária... Afinal, o Estado tem a obrigação de nos dar assistência necessária e estamos tomando consciência de nossa cidadania. Dependência ou subserviência aos politiqueiros, jamais!
-----------Fomos, por muito tempo, tratados pelos grandes políticos, com espírito de indiferença, insensibilidade e preconceito. Passou o tempo dos “coronéis e do voto de cabresto”. Agora, exigimos tratamentos dignos, respeitosos e sérios. Somos cidadãos baianos e Jacobinenses dignos de respeito não apenas em tempo de eleições. Nós não vivemos de festas sociais disfarçadas de campanhas eleitorais. Nós não somos Super Homens, pelo contrário, catamos lixo para sobreviver, quebramos pedras para ter o pão em nossas mesas, as nossas crianças trabalham na feira livre com a corrocinha para não passar fome, nem sempre temos água potável em casa. Nós somos conscientes e exigimos respeito!
-----------Como Jobinenses declaramos: acabou o tempo da alienação política, do comodismo, da ingenuidade e da enganação. Votar consciente e depois cobrar é nossa missão.
-----------Sofrendo com os horrores da seca, da fome, da miséria, do desemprego, da carne consumida por moscas e animais; dos hospitais transformados em verdadeiras empresas, do atraso generalizado; do abandonado dos poderes públicos, mas sustentados pela fé e a esperança cristã, faremos da política instrumento de transformação votando com maturidade e responsabilidade.
-----------Jacobinenses sérios e conscientes não votam em políticos relâmpagos que aparecem entre nós de 4 em 4 anos, em marketeiros e endinheirados com cara de santos e discursos de salvação, em políticos que defendem o aborta e estão comprometidos com multinacionais.
-----------Em terras jacobinenses, da devoção ao Divino Espírito Santo, a São Benedito, a Nossa Senhora da Conceição, a Santo Antônio e tantos outros santos, libertos da alienação religiosa, não votamos em políticos que usam a religião como meio de enganar-nos e chegar ao poder porque a lei de Deus já diz: “Não usar o nome de Deus em vão”.
----------10º-Adeus, Curral eleitoral! Não venha o político, com jeitão de “coronel”, obrigar os jacobinenses e sertanejos pobres, sofridos e humilhados a votar nos seus candidatos. Somos seres humanos e merecemos respeitos. O voto de cabresto é coisa do passado. Procedendo desta forma, e ensinando aos que estão próximos de nós a agir, já é um bom começo para votarmos certo. Portanto, lembre-se! O voto não tem preço, tem conseqüências. Por isso pense bem antes de votar!
















 
 Desenvolvido por Genea Soluções em Informática